Diferentes | Que tal Pensarmos?

Categories: Artigos

Hoje pensaremos em 1ª Timóteo 1.18-20.

Hoje eu gostaria de pensar com você que, assim como eu, encontrou e está trilhando o Caminho. Se é verdade que cada um de nós possui erros, também é verdade que cada um de nós precisa lutar contra eles, e não aceitá-los. Existem erros que conseguimos banir de nossas vidas de uma vez por todas e existem aqueles que aprendemos a dominar, embora eles nunca sumam. Trilhar o Caminho é uma decisão séria: é assumir o compromisso de lutar contra as próprias vontades e de abrir mão de viver para a própria satisfação. É exatamente aqui que encontramos as diferenças: existem aqueles que querem mudar e existem aqueles que dizem que querem mudar. Eu sei muito bem a diferença entre as duas coisas, pois estive dos dois lados.

Paulo menciona nestes três versos, três pessoas: Timóteo, Himeneu e Alexandre. Sobre Timóteo, Paulo instrui que lute o bom combate, que mantenha a fé e a boa consciência, para que não naufrague na fé. Sobre Himeneu e Alexandre, Paulo diz que rejeitaram a fé e a boa consciência, que abandonaram o bom combate e que, por isso, naufragaram na fé. Três homens iguais em suas lutas, diferentes em suas escolhas. Se há algo desafiador ao extremo para o ser humano é a submissão. Aprender a submeter-se é um esforço consciente e árduo. Estes três homens eram muito diferentes neste aspecto: Timóteo era submisso a Paulo que era submisso à Palavra. Himeneu e Alexandre entenderam que a doutrina dos apóstolos não precisava ser bem daquele jeito. “Toda pessoa que vê na Bíblia algo que ninguém jamais viu está criando uma heresia”, ouvi uma vez no seminário. A questão aqui não é de excelentes sacadas, de interpretações interessantes; é sobre a vontade de ser melhor que os outros, de não apoiar-se sobre ninguém. Você acha mesmo que é capaz de, sozinho, revolucionar o mundo? Cuidado, é assim que nascem os ditadores.

Soa dura a sentença de Paulo no verso 20, não? “(…) os quais entreguei a Satanás, para que aprendam a não blasfemar.” 1 Timóteo 1.20. Existem aqueles de nós que não entendem que o pecado mata (como disse, eu sei disso). Algumas vezes será necessário que o mal nos atinja para que acordemos para o fato de que é preciso decisão para andar no Caminho: ou rendo-me à Palavra completamente ou mentirei para mim mesmo de que faço isso. Aos olhos dos outros as duas posições são aparentemente iguais. Aos olhos de Deus, porém… como são diferentes.

 


Você sabia que o “Que Tal Pensarmos?” virou livro? Confira em: www.ibmsj.com.br/que-tal-pensarmos-1

 

Graça e paz.

 

Compartilhe esse link:
Author: Davi Pessanha

Eu sou aquele cara... aquele mesmo. Isso! Lembrou? Não? Tá, deixa pra lá... ^_^