Governo | Que tal Pensarmos?

Categories: Artigos

Hoje pensaremos em 1ª Timóteo 2.1-4.

Estamos entrando hoje no capítulo 2 de 1ª Timóteo. Daqui para a frente, até o final da carta, o assunto pega fogo! Paulo, inspirado pelo Espírito Santo, escreve sobre coisas tão atuais que parece que ele estava olhando para o nosso tempo. Tome como exemplo o assunto no qual pensaremos hoje: governo. Você está preparado?

Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões e ação de graças por todos os homens; pelos reis e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranquila e pacífica, com toda a piedade e dignidade. Isso é bom e agradável perante Deus, nosso Salvador, que deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade. 1 Timóteo 2.1-4.

Estava conversando esta semana com uma das meninas do vocal do Adorai (perdoe-me, não lembro quem!) e ela disse uma grande verdade: “A culpa do país estar como está é nossa também, pois a Bíblia diz que se nos humilharmos, orarmos e nos convertermos de nossos maus caminhos o Senhor ouvirá e curará a nossa terra (2º Crônicas 7.13,14)”. “Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas.” Romanos 13.1. Se foi estabelecida para recompensa ou para juízo, como diz o pastor Luiz Sérgio, isso é outra história. Em nossa fome de justiça social, muitas vezes, nos deixamos levar pelo ódio, pela vingança e pelo desprezo; o problema é que, fazendo isso, abrimos mão de tudo o que nos faz discípulos de Jesus! Veja isto:

Vocês ouviram o que foi dito: ‘Olho por olho e dente por dente’. Mas eu lhes digo: Não resistam ao perverso. Se alguém o ferir na face direita, ofereça-lhe também a outra. E se alguém quiser processá-lo e tirar-lhe a túnica, deixe que leve também a capa. Se alguém o forçar a caminhar com ele uma milha, vá com ele duas. Dê a quem lhe pede, e não volte as costas àquele que deseja pedir-lhe algo emprestado. Vocês ouviram o que foi dito: ‘Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo’. Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem, para que vocês venham a ser filhos de seu Pai que está nos céus. Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos. Se vocês amarem aqueles que os amam, que recompensa receberão? Até os publicanos fazem isso! E se vocês saudarem apenas os seus irmãos, o que estarão fazendo de mais? Até os pagãos fazem isso! Portanto, sejam perfeitos como perfeito é o Pai celestial de vocês. Mateus 5.38-48

Eu não estou dando opiniões sobre isso, estou te mostrando o que está na Palavra. A conclusão então é que devemos nos conformar? Volte três casas e comece novamente, porque você não entendeu. A conclusão é que a solução para o caos em que estamos inseridos não está em armar a população, em matar indiscriminadamente, em planejarmos vinganças e nem em participarmos de passeatas com patos amarelos. A solução está em nos voltarmos para o Senhor nosso Deus, com sinceridade de coração. Isso só acontecerá quando entendermos que a crise não está aí por má gestão, pedaladas, erros de português ou planos de estocar o vento; está por causa do pecado que ainda não dói de verdade em nós. A hora que doer de verdade, eu e você oraremos com sinceridade e Deus há de curar a nossa terra. Que eu e você oremos, oremos de verdade. Que comece em mim um clamor sincero pela nossa pátria, pelo nosso povo, por esta gente tão sofrida que Deus ama e se importa.

Como é feliz a nação que tem o Senhor como Deus, o povo que ele escolheu para lhe pertencer! Salmo 33.12

 

 


Você sabia que o “Que Tal Pensarmos?” virou livro? Confira em: www.ibmsj.com.br/que-tal-pensarmos-1

 

Graça e paz.

 

Compartilhe esse link:
Author: Davi Pessanha

Eu sou aquele cara... aquele mesmo. Isso! Lembrou? Não? Tá, deixa pra lá... ^_^