Homens | Que tal Pensarmos?

Categories: Artigos

 Hoje pensaremos em 1ª Timóteo 2.8.

“This is a man’s, a man’s, a man’s world”, já cantava o grande James Brown. Vivemos em um mundo de homens, uma selva urbana onde a lei é vencer, ultrapassar, ser melhor, ser mais perspicaz, ser mais esperto. O bobo, o trouxa é aquele que não leva vantagem, o que não se aproveita da falha dos outros, o que não derruba o outro para ocupar o seu lugar. É exatamente nesta cultura do homem pós-moderno, do homem que procura satisfazer seus desejos, do homem que compra tudo, até outras pessoas, que você e eu lemos isto: “Quero, pois, que os homens orem em todo lugar, levantando mãos santas, sem ira e sem discussões.” (1 Timóteo 2.8). Topa pensar em desafio?

Participei no final de semana de 8-10 de setembro de 2017 do CampZ, acampamento para adolescentes da Memorial em Silva Jardim. No final da mensagem do sábado pela manhã, a Beatriz Nicolau (arrasou) fez uma afirmação e pediu que as pessoas que se identificassem levantassem a mão. Eu estava lá no fundão e vi que muitas pessoas levantaram a mão, mas na maior parte, meninas. Existe aquele conceito não dito de que essas coisas emocionais e espirituais são coisas de mulheres, não de homens! Homens precisam ser graves, duros, conquistadores, caçadores! Nesta pegada os homens escondem seus sentimentos, ferem e são feridos, tentam inutilmente matar suas emoções. No fim, muitos deles se matam, seja com uma arma, seja abandonando a vontade de viver. Todos nós temos sentimentos e todos nós temos carências, tristezas, sonhos e desejos. Isso não diminui um homem, pelo contrário: faz com que ele seja mais humano.

Vencer o desejo de destacar-se sobre todos é algo espiritual, que só pode acontecer pelo poder de Deus. Vestir-se do sentimento de coletividade, onde eu oro não só por mim, mas pelos outros, onde desejo não só o meu sucesso, mas o dos outros, onde reconheço as habilidades, não apenas minhas, mas dos outros, é algo de homens nascidos de novo, nascidos do Espírito de Deus! Quando passamos a viver pelos padrões do Reino, a competição deixa de existir e o desejo de ser maior que todos dá lugar à humildade que é fruto de quem anda com Jesus; este é o milagre que nos leva a orar em qualquer lugar, a levantar mãos santas, sem vergonha ou condenação, sem ira e sem discussão. Somos homens curados, renascidos, recriados para o louvor da glória do Cordeiro.

Homens, lá vai o desafio: será que conseguimos nos abrir mais com Deus esta semana? Será que conseguimos conversar com Ele sobre coisas que sabemos que Ele sabe, mas que fingimos que estão escondidas? Se conseguirmos conversar com Ele sinceramente, sem hipocrisia ou mentiras, já teremos dado um passo enorme na direção do texto de hoje. Que sejamos homens sensíveis à voz de Deus!

 


Você sabia que o “Que Tal Pensarmos?” virou livro? Confira em: www.ibmsj.com.br/que-tal-pensarmos-1

 

Graça e paz.

 

Compartilhe esse link:
Author: Davi Pessanha

Eu sou aquele cara... aquele mesmo. Isso! Lembrou? Não? Tá, deixa pra lá... ^_^