Participe conosco desta obra!

“Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria.” 2 Coríntios 9.7

“Em tudo o que fiz, mostrei-lhes que mediante trabalho árduo devemos ajudar os fracos, lembrando as palavras do próprio Senhor Jesus, que disse: ‘Há maior felicidade em dar do que em receber’ “. Atos 20.35

“Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós,
a ele seja a glória na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre! Amém!” Efésios 3.20,21

 

Entendemos que dízimos e ofertas precisam ser muito mais que entrega de dinheiro. Esse ato tem se tornado banal em nossos dias. A oferta tem que seguir pelo menos três princípios para que seja agradável a Deus:

  1. Ela tem que vir de um coração grato e sincero. Tua oferta e o teu dízimo não podem ser fruto de coerção, nem uma moeda de barganha para com Deus, afinal, as bênçãos de Deus não podem ser compradas. “Aquele que não poupou a seu próprio Filho, mas o entregou por todos nós, como não nos dará juntamente com ele, e de graça, todas as coisas?” (Romanos 8.32). Dízimos e ofertas vêm de pessoas que reconhecem o que Deus já fez por elas, e sabem que Ele é sobremaneira generoso. Se isso não procede de um coração sincero, a oferta perde seu valor.
  2. Ela tem que envolver a tua vida inteira. O que torna o ato de ofertar especial? É que ele é único. Quando você doa a sua vida, a oferta ganha nome e rosto. Não são moedas e papel; é uma pessoa querendo se oferecer para ajudar. É uma pessoa querendo fazer parte de uma história. Mais do que recursos financeiros, doe a tua vida, doe de você mesmo. Isso sim, alegra o coração de Deus!
  3. Ela tem que ser uma expressão da tua confiança em Deus. Confiança que não está baseada no que Ele faz, mas no que Ele é. Se Ele foi capaz de dar o Seu próprio filho por nós quando éramos inimigos, como não ter a certeza de que Ele cuidará de nós, agora que somos filhos? Meu dízimo e minha oferta demonstram que a minha confiança não está no dinheiro, na força dos meus braços, no meu intelecto e nem no meu trabalho; minha confiança está no Senhor Deus, que fez o céu e a terra e que sabe de tudo o que eu preciso. Ele pode fazer muito mais do que você e eu pensamos, não pela oferta ou pelo dízimo, mas pela confiança colocada Nele.

Se você entende estes três pontos e deseja participar conosco desta história, contribua! E que Deus supra, em graça, todas as tuas necessidades, como tem suprido a de todos nós.

Em Cristo,

Igreja Batista Memorial em Silva Jardim.

 

Favorecido: Igreja Batista Memorial em Silva Jardim
CNPJ: 039.830.708/0001-05
Agência: 6099
Conta: 01880-3